Ao subscrever este formulário concordo com Termos de Utilização e eu li e concordo Termos e condições de Privacidade


Marque Consulta

Consulta de Acupuntura, Medicina Tradicional Chinesa, Fitoterapia e Emagrecimento

Horário:
De segunda a Sexta das 09h00 às 19h00

Telefone já
258828060

Dr Domingos Silva
965524915

Envie  email:
geral@domingossilva.com

Uma solução para resolver a dor ciática!

10 meses ago · · 0 comments

Uma solução para resolver a dor ciática!

Ao longo da minha prática clínica, cada vez mais tenho tratado pessoas com este tipo de patologia que surge como como “epidemia” vulgarmente associada ao acentuado desgaste prematuro dos discos vertebrais, ao nível sacrolombar ou por traumatismo(s).

Às descrições que mais se fazem acompanhar em consulta são algo como: dor/desconforto ao longo da perna; adormecimento ou formigueiro desde anca até ao pé; falta de mobilidade; dor no fundo das costas; diminuição da sensibilidade do pé; sensação de frio ou até mesmo como se tivesse a escorre água pela perna. É importante referir que a afetação pode ser de um ou ambos os membros.

Como ajuda a Medicina Chinesa no tratamento e prevenção da dor ciática?

Através da inserção de agulhas de acupuntura em pontos específicos do nosso corpo é possível anular gradualmente toda a sintomatologia de dor, como também potencializar o nosso organismo para que toda as estruturas lesadas e as existentes se mantenham otimizadas face às suas limitações. Com tratamentos semanais de acupuntura, conjugados com a administração de fitoterapia (medicação natural à base de ervas chinesas), é possível obter resultados surpreendentes, evitando grande parte das vezes intervenções cirúrgicas.

Vejamos um caso prático, comum das minhas clínicas:

A.R., 67 anos, reformado, foi-lhe diagnosticada uma ciatalgia lateral esquerda, há mais de dois meses; anti-inflamatórios e mais de vinte sessões de fisioterapia não atenuaram a sua sintomatologia.

À terceira sessão de acupuntura, o paciente referiu uma diminuição significativa da dor, porém ainda se manifestava alguns dias da semana e, principalmente, ao fim do dia.

Após a sexta sessão, o paciente referiu que a semana decorreu sem qualquer episódio de dor e manteve mais três sessões para a consolidação do término do tratamento da sua patologia.

Recuperou toda a sua agilidade física e mental, ganhando indubitavelmente, uma maior qualidade de vida, pois, tal como é sabedoria de todos, a mobilidade para uma pessoa reformada é a sua maior independência e sinónimo de boa vitalidade.

Recordo que, na boa prática clínica, a acupuntura é indolor.

Hugo Canão

Especialista em Acupuntura e Medicina Chinesa

WhatsApp chat