Ao subscrever este formulário concordo com Termos de Utilização e eu li e concordo Termos e condições de Privacidade


    Marque Consulta

    Consulta de Acupuntura, Medicina Tradicional Chinesa, Fitoterapia e Emagrecimento

    Horário:
    De segunda a Sexta das 09h00 às 19h00

    Telefone já
    258828060

    Dr Domingos Silva
    965524915

    Envie  email:
    geral@domingossilva.com

    1 ano ago · · 0 comments

    A eficácia da Acupuntura na recuperação de um AVC

    Há poucos dias, mais precisamente a 29 de outubro, assinalou-se o dia Mundial do Acidente Vascular Cerebral (AVC). Este dia marca um momento de consciencialização de quantas pessoas estão a correr o risco de um futuro AVC ou que sofrem com nefastas sequelas, algumas delas para toda uma vida.

    A medicina chinesa tem uma fantástica resposta, na maioria dos casos, não só na intervenção pós AVC como também na sua prevenção.

    Como funciona a Acupuntura num caso de AVC?

    Só após um diagnóstico detalhado sobre todas as afetações do paciente é que se progride para o tratamento de acupuntura, que consiste na inserção de agulhas em pontos específicos do corpo. Sendo um ato terapêutico 100% natural e não utilizando qualquer químico, a acupuntura, na recuperação do AVC, promove a proliferação de neurónios novos ao mesmo tempo que reduz os índices deficitários a nível neurológico.

    Nas nossas clínicas é realizado um método técnico inovador em que, com a união da acupuntura à eletroestimulação, conseguimos potencializar, na globalidade, o efeito terapêutico, traduzindo-se assim numa maior rapidez e eficácia de resultados.

    Desta forma, fazemos com que os nossos pacientes recuperem, gradualmente, a sua elasticidade cerebral e intelectual, que terá consequências diretas favoráveis na sua mobilidade, no seu estado emocional e, principalmente, na sua qualidade de vida.

    É consciente dizer que nem sempre é fácil recuperar de forma rápida e total das sequelas que podem, muitas vezes, condicionar quase que totalmente a vida do doente, porém é aqui que a acupuntura, na recuperação de um AVC, marca a diferença!

    Vejamos um caso clínico real, bastante particular, que está ainda nos dias de hoje em tratamento em uma das nossas clínicas:

    Plácido Sampaio, 21 anos, residente em Guimarães, foi-lhe diagnosticado um AVC isquémico, que ocorreu durante a noite enquanto dormia.

    Acordou com assimetrias na face, dificuldade em falar e limitação, quase total, de todo o lado direito do corpo, falamos mais concretamente uma hemiparesia total à direita.

    A este jovem saudável, aos 19 anos, a vida mudou!

    A falta de ação neuromuscular na face, braço, mão e perna, causou-lhe uma frustração tremenda, bem como uma questionação constante de porque tal lhe haveria acontecido. Passados dois anos após a sua sequela, Plácido tomou conhecimento que a acupuntura o poderia ajudar e iniciou, rapidamente, os tratamentos.

    Após a 6.ª sessão semanal, o pé, que até ao momento estaria pendente, o que lhe obrigava em andamento a ter uma compensação da anca, estava com uma maior amplitude e resistência nos movimentos. A mão já consegue ter uma destreza antes inimaginável, conseguindo pegar numa caneta ou até mesmo num objeto mais pesado, sem os deixar cair, ou até mesmo dar um simples cumprimento de mão mais forte.

    Importante salientar que a fisioterapia é uma forte aliada ao nosso tratamento, pois potencializa todas as novas conquistas que vão sendo disponibilizadas.

    É sempre preferível iniciar a acupuntura para recuperar de um AVC quando este é diagnosticado, pois os resultados obtêm-se com maior rapidez e são, favoravelmente, mais fáceis de trabalhar, porém a escolha da apresentação desde caso clínico serve o propósito para exemplificar o forte impacto que a acupuntura tem, mesmo após 2 anos do sucedido, com 2 anos de sessões diárias de fisioterapia.

    Não é demais também lembrar que, para prevenir o AVC, devem ser adotados hábitos de vida saudáveis, como evitar o tabaco e a vida sedentária, e ter especial atenção a doenças como a hipertensão, diabetes ou arritmias cardíacas.

    A acupuntura é indolor, não tem contraindicações e só pode ser exclusivamente praticada por profissionais credenciados pela ACSS (Administração Central do Sistema de Saúde).

    Especialista em Medicina Chinesa

    Dr. Hugo Canão

    1 ano ago · · 0 comments

    A eficácia da Acupuntura na recuperação de um AVC

    Há poucos dias, mais precisamente a 29 de outubro, assinalou-se o dia Mundial do Acidente Vascular Cerebral (AVC). Este dia marca um momento de consciencialização de quantas pessoas estão a correr o risco de um futuro AVC ou que sofrem com nefastas sequelas, algumas delas para toda uma vida.

    A medicina chinesa tem uma fantástica resposta, na maioria dos casos, não só na intervenção pós AVC como também na sua prevenção. 

    Como funciona a Acupuntura num caso de AVC?

    Só após um diagnóstico detalhado sobre todas as afetações do paciente é que se progride para o tratamento de acupuntura, que consiste na inserção de agulhas em pontos específicos do corpo. Sendo um ato terapêutico 100% natural e não utilizando qualquer químico, a acupuntura, na recuperação do AVC, promove a proliferação de neurónios novos ao mesmo tempo que reduz os índices deficitários a nível neurológico. 

    Nas nossas clínicas é realizado um método técnico inovador em que, com a união da acupuntura à eletroestimulação, conseguimos potencializar, na globalidade, o efeito terapêutico, traduzindo-se assim numa maior rapidez e eficácia de resultados. 

    Desta forma, fazemos com que os nossos pacientes recuperem, gradualmente, a sua elasticidade cerebral e intelectual, que terá consequências diretas favoráveis na sua mobilidade, no seu estado emocional e, principalmente, na sua qualidade de vida.

    É consciente dizer que nem sempre é fácil recuperar de forma rápida e total das sequelas que podem, muitas vezes, condicionar quase que totalmente a vida do doente, porém é aqui que a acupuntura, na recuperação de um AVC, marca a diferença!

    Vejamos um caso clínico real, bastante particular, que está ainda nos dias de hoje em tratamento em uma das nossas clínicas:

    Plácido Sampaio, 21 anos, residente em Guimarães, foi-lhe diagnosticado um AVC isquémico, que ocorreu durante a noite enquanto dormia.

    Acordou com assimetrias na face, dificuldade em falar e limitação, quase total, de todo o lado direito do corpo, falamos mais concretamente uma hemiparesia total à direita.

    A este jovem saudável, aos 19 anos, a vida mudou!

    A falta de ação neuromuscular na face, braço, mão e perna, causou-lhe uma frustração tremenda, bem como uma questionação constante de porque tal lhe haveria acontecido. Passados dois anos após a sua sequela, Plácido tomou conhecimento que a acupuntura o poderia ajudar e iniciou, rapidamente, os tratamentos.

    Após a 6.ª sessão semanal, o pé, que até ao momento estaria pendente, o que lhe obrigava em andamento a ter uma compensação da anca, estava com uma maior amplitude e resistência nos movimentos. A mão já consegue ter uma destreza antes inimaginável, conseguindo pegar numa caneta ou até mesmo num objeto mais pesado, sem os deixar cair, ou até mesmo dar um simples cumprimento de mão mais forte.

    Importante salientar que a fisioterapia é uma forte aliada ao nosso tratamento, pois potencializa todas as novas conquistas que vão sendo disponibilizadas.

    É sempre preferível iniciar a acupuntura para recuperar de um AVC quando este é diagnosticado, pois os resultados obtêm-se com maior rapidez e são, favoravelmente, mais fáceis de trabalhar, porém a escolha da apresentação desde caso clínico serve o propósito para exemplificar o forte impacto que a acupuntura tem, mesmo após 2 anos do sucedido, com 2 anos de sessões diárias de fisioterapia.

    Não é demais também lembrar que, para prevenir o AVC, devem ser adotados hábitos de vida saudáveis, como evitar o tabaco e a vida sedentária, e ter especial atenção a doenças como a hipertensão, diabetes ou arritmias cardíacas.

    A acupuntura é indolor, não tem contraindicações e só pode ser exclusivamente praticada por profissionais credenciados pela ACSS (Administração Central do Sistema de Saúde).

    Dr. Hugo Canão Silva
    Especialista em Medicina Chinesa

    WhatsApp chat